13
dez
10

Longa (e um tanto caricata) trajetória de Assis Chateaubriand

Fernando Morais narra a trajetória daquele que foi um dos maiores arquitetos da comunicação no Brasil – Assis Chateaubriand, o Chatô. O império desse paraibano de Umbuzeiro foi construído sob o véu obscuro de práticas fraudulentas, principalmente no que concerne a assuntos financeiros. E o autor não se priva de transmitir ao leitor os pormenores da falta de ética do personagem. Contudo, essa abordagem adotada por Morais, além de entreter o leitor e documentar a história de um personagem tão importante para a comunicação, suscita questões acerca do papel do jornalista de hoje e coloca em voga a discussão sobre ética.

O livro começa com um delírio de Chatô quando estava internado por causa de uma trombose, traça brevemente sua infância para logo se aprofundar na figura controversa e sua vida repleta de aventuras e desventuras. Nas mais de 730 páginas fica claro que o que importava para Chateaubrian era exclusivamente adquirir cada vez mais poder. E não foi do nada que erigiu seu império. Entre tantos amigo e inimigos que conquistou suas relações eram instáveis, já que agia a favor ou contra determinada pessoa conforme seus próprios interesses. Por conta disso, as pessoas preferiam ficar ao seu lado do que fazer inimizade com o ‘homem com o diabo no corpo’, como era conhecido pelos censores da ditadura. Como ele mesmo dizia: “Ser prudente é antes de tudo ser medíocre.” O resultado desse comportamento estratégico misturado a tanta falcatrua foi um poderoso conglomerado composto por jornais, revistas, estações de rádio e televisão, os Diários Associados.

Em seu currículo ainda consta atuação nos negócios, na arte, bem como a fundação do Masp e influência em atos políticos – Lei “Teresoca” promulgada por Getúlio Vargas, apoio em eleição e deposição de presidente. Chatô também colecionava mulheres e filhos, apesar de ser feio e de ficar incapacitado de manter relações sexuais em virtude da trombose. Entretanto, seus relacionamentos não passavam de diversão e conveniência, já que seu foco era totalmente direcionado aos negócios. Dito isto, não é de se estranhar sua fama de pai ausente e péssimo marido.

À parte todas as polêmicas em torno de Chateaubriand, Fernando Morais não deixa de frisar seus pontos positivos. O poder de relacionar-se com políticos e pessoas influentes de forma a conseguir realizar seus intentos, o feito de ter trazido a televisão para o país e toda (r)evolução promovida na mídia, na forma de comunicar, além das gráficas e impressões. Sem esquecer da TV Tupi, que foi a emissora de televisão estreante. Outro ponto a ser mencionado é que o respeito que as pessoas tinham por Chatô se devia mais pelo medo que ele precipitava do que pela admiração, o que nem por isso deve ser descartado como um dos sucessos atingidos por ele. Também não podemos esquecer de que, fora o fato de ser uma obra extensa e detalhista que parece se perder um pouco ao final, Chatô, o Rei do Brasil tem seu valor histórico não só sobre a vida do personagem, mas também da história da República do Brasil e do panorama do século XX.

Fernando Morais é jornalista, político e escritor. Entre as biografias mais famosas que escreveu está ‘Olga’ sobre a vida trágica de Olga Benário.

Serviço
Livro: Chatô, o Rei do Brasil
Autor: Fernando Morais
Editora: Companhia das Letras
Preço sugerido: R$ 69,90

Anúncios

0 Responses to “Longa (e um tanto caricata) trajetória de Assis Chateaubriand”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Arquivo

Lido por

  • 25,376 Cult´s

mais acessados

  • Nenhum
dezembro 2010
S T Q Q S S D
« nov   jan »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Atualizações Twitter

Erro: o Twitter não respondeu. Por favor, aguarde alguns minutos e atualize esta página.


%d blogueiros gostam disto: